Organização do Trabalho Pedagógico Escolar
Disciplinas e Áreas
Celem
Biblioteca
Publicações Órgãos Colegiados da Escola Destaques da Educação Bartolomeu Notícias Espaço da Escola Espaço dos Educandos Concursos, Cursos e Eventos Boletim Escolar Matrículas e Resultados Informática, Tecnologias e Downloads Dicas de Trânsito Prestação de Contas Fale Conosco Mural de Recados Procuro você Utilidade Pública

Quantidade de Páginas visitadas





- BRAZILIAN NATIONAL ANTHEM -
Verses by Joaquim Osório Duque Estrada
Music by Francisco Manuel da Silva

I
The peaceful banks of the Ipiranga
Heard the resounding cry of an heroic people,
And the dazzling rays of the sun of Liberty
Bathed our country in their brilliant light.

If with strong arm we have succeeded
In winning a pledge of equality,
In they bosom, O Liberty,
Our hearts will defy death itself!

O adored Fatherland,
Cherished and revered,
All Hail! All Hail

Brazil, a dream, sublime, a vivid ray
Of love and hope to earth descends,
Where in your clear, pure, beauteous skies
The image of the Southern Cross shines forth.

O country vast by nature,
Fair and strong, a brave colossus,
Thy future mirrors this thy greatness.

O land adored
Above all others,
'Tis thee Brazil,
Beloved fatherland, Brazil!

Thou art the gentle mother
of the children of this soil,
Beloved land,
Brazil!

II
Laid out eternally in the splendour of nature,
In the sound of the sea and the light of heaven,
May thou shine, O Brazil, flower of America,
Illumined by the sun of the New World!
More flowers put forth in thy fair, smiling fields
Than in the most gorgeously reputed lands;
"More life is to be found in our groves,
More love in our lives" in thy embrace.

O adored Fatherland,
Cherished and revered,
All Hail! All Hail!

May the star-scattered banner flown by thee,
Brazil, become a symbol of eternal love,
And may the green-gold flag proclaim always
- Peace in the future and glory in the past -

But if the mighty sword of justice is drawn forth,
You will perceive your children, who adore you,
Neither fear to fight, nor flee from death itself.

O land adored
Above all others,
'Tis thee Brazil,
Beloved fatherland!

Thou art the gentle mother
of the children of this soil
Beloved land,
Brazil!


PORTUGUÊS

I
Ouviram do Ipiranga às margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da liberdade, em raios, fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte
Em teu seio ó liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada
Idolatrada
Salve! Salve!

Brasil de um sonho intenso, um raio vívido,
De amor e de esperança à terra desce
Se em teu formoso céu risonho e límpido
A imagem do Cruzeiro resplandece

Gigante pela própria natureza
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza,

Terra adorada!
Entre outras mil
És tu, Brasil
Ó Pátria amada

Dos filhos deste solo
és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

II
Deitado eternamente em berço esplêndido,
ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!

Do que a terra mais garrida
Teus risonhos lindos campos tem mais flores,
"Nossos bosques tem mais vida"
"Nossa vida" no teu seio mais amores

Ó Pátria amada
Idolatrada
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro dessa flâmula
- paz no futuro e glória no passado -

Mas se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta
Nem teme, quem te adora a própria morte,

Terra adorada!
Entre outras mil
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada

Dos filhos deste solo
és mãe gentil
Pátria amada
Brasil!


- Home - - - English -






















Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito