Organização do Trabalho Pedagógico Escolar
Disciplinas e Áreas
Celem
Biblioteca
Publicações Órgãos Colegiados da Escola Destaques da Educação Bartolomeu Notícias Espaço da Escola Espaço dos Educandos Concursos, Cursos e Eventos Boletim Escolar Matrículas e Resultados Informática, Tecnologias e Downloads Dicas de Trânsito Prestação de Contas Fale Conosco Mural de Recados Procuro você Utilidade Pública

Quantidade de Páginas visitadas





- - - Professora Maristela Piotrowski - - -

- - -

"A Sexualidade de nossos Adolescentes"


O tema sexualidade é inesgotável, porque é dinâmico e está presente na escola independente da vontade dos educandos e educadores. Nesse sentido, a escola precisa estar aberta e se preparar para essas discussões, voltando-se para uma Educação Sexual que não signifique apenas passar informações sobre sexo, mas que signifique também uma aposta da prevenção e autonomia, na liberdade de escolha levando-se sempre em consideração sentimentos e emoções. 

A sexualidade é uma das dimensões fundamentais da condição humana, que se desenvolve e se apresenta sempre influenciada por sentimentos e valores. É na adolescência que ocorrem mudanças, quando o corpo começa a mudar e as dúvidas, vontades e ansiedades vão surgindo, pois duas aquisições importantes ocorrem: a capacidade reprodutora e a identidade pessoal.

Nesse sentido a escola pode propiciar um espaço no qual, por meio da ação do professor o aluno possa ter contato com o conhecimento científico e, além disso, oportunidade de questionar o que se sabe e o que não se sabe, falar sobre o corpo e o respeito por este corpo, proporcionar o intercâmbio de opiniões que permitam discussões individuais, possibilitando o uso da informação com responsabilidade; uma responsabilidade que possa ser conquistada pelo diálogo e reflexão a partir dos aspectos emergentes do grupo sobre sexualidade.

Foi nesse sentido que esse projeto foi desenvolvido no primeiro semestre de 2009 com os 2º anos D,E e F do Ensino.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a sexualidade é uma necessidade básica e um aspecto do ser humano que não pode ser separado de outros aspectos da vida.

A sexualidade não é sinônima de coito e não se limita à presença ou não do orgasmo. Sexualidade é muito mais que isso, é a energia que motiva a encontrar o amor, o contato e a intimidade.

A sexualidade influencia pensamentos, sentimentos, ações e interações e tanto a saúde física como a mental. Se a saúde é um direito fundamental, a saúde sexual também deve ser considerada um direito humano básico. A partir desse conceito pode se afirmar que a sexualidade envolve, além do nosso corpo, nossa história, nossos costumes, nossas relações afetivas e nossa cultura, sendo construída desde o nascimento até morte.

Após o desenvolvimento das atividades houve uma compreensão por parte dos alunos sobre questões como respeito, o cuidado consigo mesmo, a importância dos debates sobre sexualidade, a preservação da sua saúde, pois manifestaram as seguintes afirmações:

“Aprender a se cuidar, se previnir, saber se relacionar com as pessoas, respeito pela sexualidade dos outros, que temos que nos cuidar nas relações. Fazer sexo pela própria vontade e não a força”.

“Eu aprendi que a responsabilidade não é só da mulher como principalmente do homem, tem que ter cuidado, higiene, prevenção, não fazer o que deve ser feito pelo fato de um “momento””.

“Tratar o assunto de forma aberta, mas ao mesmo tempo, séria. Acho que o mais importante foi nós podermos debater sobre esse tema não tendo vergonha de perguntar, já que foi extremamente a vontade. Foram importantes na parte dos debates, pois interagiram adolescentes de ambos os sexos, então deu para observar opiniões, e tirar minhas conclusões”.

Importância do desenvolvimento do projeto na visão dos alunos

Itens considerados com respectivos exemplos de fala dos alunos

- - - Prevenção - - -
“Ajudou muito para me previnir de doenças”
“Quanto mais você ‘saber’, melhor você fica, aprende mais”

- - - Conscientização/orientação - - -
“É muito importante conversar sobre essas coisas. Porque alerta os jovens a pensar antes de fazer algo que se arrependa”
“Nos orienta e passa mais informações”
“A gente ficou mais consciente do que pode acontecer se não se previnir”
“Pois abre a mente do adolescente e faz com que ele pense duas vezes antes de agir, ou seja, faz pensar, no que pode causar se você ‘ter’ relacionamento com qualquer um”
“Pois levaram os alunos a refletir mais sobre o assunto e tratá-lo com mais seriedade”

- - - Tirar dúvidas - - -
“Porque é um assunto que muitos pais não falam com seus filhos”
“Porque da forma que as atividades foram desenvolvidas vários alunos tiraram dúvidas e aprenderam coisas sem se expor”
“As dúvidas que nós temos e não perguntamos aos nossos pais foram esclarecidas”
“A sala em si perseu aquela vergonha de perguntar, de se relacionar, tirar dúvidas”
“Querendo ou não abre a cabeça do jovem tirando dúvidas”

- - - Debater assuntos relevantes - - -
“Trabalhar legal assuntos mais interessantes e de forma legal”

Fotos do Projeto

PDF -

- Power Point 2010 -

- caso não tenha o Office 2010 - clique aqui para baixar -


Voltar

- Página Inicial -



















Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito