Organização do Trabalho Pedagógico Escolar
Disciplinas e Áreas
Celem
Biblioteca
Publicações Órgãos Colegiados da Escola Destaques da Educação Bartolomeu Notícias Espaço da Escola Espaço dos Educandos Concursos, Cursos e Eventos Boletim Escolar Matrículas e Resultados Informática, Tecnologias e Downloads Dicas de Trânsito Prestação de Contas Fale Conosco Mural de Recados Procuro você Utilidade Pública

Quantidade de Páginas visitadas





- GEOGRAFIA - Músicas -

- - -

- Anistia -

O samba de Aldir Blanc e João Bosco, gravado pela primeira vez por Elis Regina, em 1979, tornou-se, na prática, uma espécie de hino da luta pela anistia ampla, geral e irrestrita que ganhou grande impulso no Brasil e no exterior no final da década de 70.

“O Bêbado e a Equilibrista” 

Autor: João Bosco e Aldir Blanc
Intérprete: Elis Regina
Gênero: MPB
Gravadora: WEA (compacto simples)

Caía a tarde feito um viaduto
E um bêbado trajando luto me lembrou Carlitos
A lua tal qual a dona do bordel

Pedia a cada estrela fria um brilho de aluguel
E nuvens lá no mata-borrão do céu
Chupavam manchas torturadas, que sufoco louco
O bêbado com chapéu coco fazia irreverências mil
Prá noite do Brasil, meu Brasil
Que sonha com a volta do irmão do Henfil
Com tanta gente que partiu num rabo de foguete

Chora a nossa pátria mãe gentil
Choram marias e clarisses no solo do Brasil
Mas sei que uma dor assim pungente não há de ser inutilmente
A esperança dança na corda bamba de sombrinha
E em cada passo dessa linha pode se machucar
Azar, a esperança equilibrista
Sabe que o show de todo artista
tem que continuar

- Clique no ícone para escutar a música -

-  -

-  -


- Página Inicial - - - Geografia -




 


















Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito